Eventos Mundo Off Road, Fique por dentro

Venha conferir o que rolou nessa edição para o Jalapão.

Nossa expedição ao Jalapão foi inesquecível, e por isso viemos aqui contar cada ponto que passamos e convocar você para a próxima expedição.

Jalapão é assim: Quem não foi, morre de vontade de ir e quem já foi, não vê a hora de ir de novo!

Bom, nossa viagem mesmo começou na quinta, dia 13/05 quando saímos sentido Ribeirão Preto para o encontro com todos os participantes dessa aventura. Ficamos por lá uma noite à espera da formação do time e no dia seguinte às 6h30 já demos partida em direção ao vilarejo São Jorge, em Goiás.

Chegamos na Chapada dos Veadeiros era aproximadamente 18h e depois de tantos km’s rodados, tudo que a gente queria era descansar e abastecer nossos veículos, então curtimos a noite com um jantar delicioso na Risoteria Santo Serrado. 

No dia seguinte, sábado, mais precisamente às 7h30 fomos então conhecer a Chapada dos Veadeiros, visitamos uma cachoeira, uma exclusividade Mundo Off Road, conhecemos também o Alto Paraíso com suas lojinhas encantadoras, seus artesanatos, as Termas Jequitibá, e claro para chegar a esses locais tivemos 56km de off road que foi fantástico e deu pra sentir o gostinho do que vinha adiante!

Passamos o dia conhecendo todos esses lugares e também belas estradas, boa parte delas era asfaltada. No fim do dia regressamos à pousada em que estávamos hospedados, já com um grande sentimento de felicidade, mas ainda com adrenalina e ansiedade pelo que estava por vir, já que a viagem estava apenas começando.

No domingo, depois de um maravilhoso café da manhã, como aliás, já havíamos tomado no dia anterior, nos despedimos da pousada e seguimos em direção ao Vale da Lua, almoçamos no Vilarejo de São Jorge e então fomos para Natividade, já em Tocantins. Ah, e a partir daqui quem estava de moto alugou carros 4×4 para seguirmos viagem!

Com 450 km rodados e tantos lugares para conhecer, ao fim do dia só queríamos saber de descansar e nos preparar pro dia seguinte. Então jantamos no charmoso restaurante Casarão em sua praça encantadora e fomos para o hotel que nos proporcionou ótimas acomodações.

Despertamos cedo e depois de um ótimo café da manhã nos despedimos também do hotel e saímos, aproximadamente às 8h da manhã em direção a Lagoa do Japonês e Pedra Furada, até lá foram 150km rodados, mas 80% dele era Off Road (do jeito que a gente ama). Depois de passarmos o dia conhecendo e aproveitando esses locais, era hora de se hospedar em mais uma pousada, dessa vez ficamos em Ponte Alta do Tocantins.

O dia seguinte já era terça-feira, 18/05 e deixamos a pousada exatamente às 7h30 da manhã, estávamos preparados e ansiosos para um trilha de 235km completamente off road. Fomos na Gruta do Sussuapara, a Cachoeira da Velha, na Prainha da Velha e ainda vimos o pôr-do-sol nas dunas, uma imagem de tirar o fôlego e lugares paradisíacos que nos fazem ainda mais amantes da natureza. Bom, depois de tantas emoções nos hospedamos em mais uma pousada, a Panela de Ferro, já em Mateiros (TO).

Dormimos com uma sensação de adrenalina, misturada com alegria e ansiedade pois no dia seguinte íamos conhecer ainda mais lugares! Eram 8h da manhã, quando saímos para visitar o vilarejo Quilombola de Mumbuca (Capim Dourado), Fervedouros e Cachoeira da Formiga, para isso foram mais 168km rodados também 100% off road, e tivemos que fazer um lanche de trilha, pois não havia local próximo para almoçarmos, mas tudo deu certo porque já estávamos preparados para isso! Estávamos amando todo o roteiro, eram tantos lugares maravilhosos e a oportunidade de percorrer em nossos 4×4, as trilhas off road únicas e inimagináveis.

No dia seguinte, rodamos aproximadamente 410km sendo metade dele também off road, visitamos a Pedra da Baliza e fizemos um lanche de trilha na Cachoeira da Fumaça, então voltamos ao hotel de Natividade e a partir dali, os motociclistas voltaram a pegar suas máquinas.

Na sexta, dia 21 começamos a nos arrumar para voltar dessa expedição inesquecível, nos despedimos da equipe do hotel e por volta das 7h da manhã já estávamos na estrada, rodamos aproximadamente 890km até Catalão (GO). Dormimos lá e no dia seguinte, foi a volta até Ribeirão Preto, local de onde partimos e depois também cada um até sua cidade. Nós, no caso, percorremos ainda 424km até Santos.

Mas antes de virmos todos embora, fizemos um grande almoço de comemoração e despedida da Expedição Jalapão 2021

Compartilhar com: Facebook Facebook WhatsApp

Quer ficar por dentro das
nossas novidades?

    Você também
    vai gostar

    Chat Aberto
    Olá, podemos ajudar?