Dicas Off Road

Chegou a hora de passar o carro adiante e investir em um novo modelo. E aí começa o desafio da venda, que pode ser ainda mais complicada dependendo do estado de conservação do seu veículo.

Alguns hábitos ajudam a acelerar o processo de desvalorização do automóvel e podem trazer prejuízos quando você for revendê-lo.

Vale reforçar que o preço de um carro usado é determinado conforme o ano de fabricação, a quilometragem e o modelo, mas certamente também entram na avaliação, a aparência externa e a interna, além da manutenção e o nível de conservação do veículo.

Por isso, nesse post, elencamos 9 maus hábitos que podem comprometer a a venda do seu automóvel. Confira e e não corra risco de tomar prejuízo.

9 itens que desvalorizam o carro na hora da revenda

A depreciação de um automóvel chega em 10% ainda no primeiro ano de uso e mais 8% no segundo ano, 5% no terceiro e 4% no quarto ano. Ou seja, na hora da revenda, você já perdeu, naturalmente, boa parte do investimento que fez no carro.

Por isso, quanto mais conservado o automóvel estiver, maior a chance de amenizar essas perdas.

Então, tome cuidado com os seguintes hábitos errados que vão ajudar a desvalorizar o veículo na hora de tentar trocar por um novo.

01 – Desgaste da pintura
Muitos fatores podem interferir na pintura do veículo, como insetos, frutas caídas de árvores, poeira, areia, fezes de pássaros ou mesmo a ação do tempo e a incidência de raios solares.

Alguns cuidados, no entanto, ajudam a pintura a durar mais. Por exemplo, a cada seis meses de uso, aplique cera automotiva e a cada 12 meses faça a cristalização da pintura, que ajuda a recuperar a tonalidade original do carro.
Se você mora em locais com praia, ou frequenta bastante o litoral, deve lavar a carroceria do carro diariamente para eliminar resíduos de sal do mar, que ajudam a oxidar as peças e componentes do carro que não tenham tratamento anticorrosivo.

02 – Arranhões na lataria
Problemas que comprometem a estrutura do carro podem fazer com que o valor da venda diminua até 50%. Mas calma, pequenos riscos, arranhões ou amassados na lataria são problemas que não afetam muito o valor do veículo usado.

Por isso, caso haja pequenos arranhões na lataria, não tente consertá-los. É melhor mostrar ao possível comprador que se trata de um dano pequeno do que tentar disfarçá-lo e despertar dúvidas.

03 – Ruídos
Fique atento a mudanças no som que o veículo produz e realize os devidos reparos, antes de colocá-lo à venda. A má qualidade do asfalto nas cidades pode ser um fator que, com o tempo, começa a provocar ruídos no automóvel.

04 – Manchas em bancos e forros
As manchas no estofado trazem um aspecto bastante negativo na hora da revenda. Tanto nos bancos, como no forro do teto e nos plásticos do painel, elas podem comprometer a sua negociação.

Por isso, é importante manter o veículo limpo e, anualmente, realizar uma limpeza dos tecidos internos do carro. Recorrer à capas de proteção para bancos automotivos é uma excelente alternativa.

05 – Odor de cigarro
Principalmente para os não-fumantes, o cheiro de cigarro é extremamente desagradável. Ele pode impregnar nas partes plásticas do painel e no estofado dos bancos. Além disso, há o risco de queimar os tecidos internos do carro com as cinzas.

Por isso, evite fumar dentro do carro e realize uma limpeza de todos os revestimentos, com produtos específicos, semanalmente. Caso o veículo já tenha odores fortes, faça uma limpeza interna completa em uma loja especializada.

06 – Customização
Cuidado com a customização, pois o carro muito alterado pode não agradar o próximo comprador. Na hora da venda, quanto mais personalizado for o automóvel, mais difícil será encontrar alguém que se interesse.

Portanto, adesivos, tatuagens, rodas mais largas e modificações na pintura devem ser feitas com cautela. Se possível, escolha acessórios automotivos que possam ser retirados no momento de vender o carro.

07 – Falta de comprovantes de manutenção
Um carro que passou por todas as revisões veiculares e com bom histórico de manutenções automotiva preventiva ou corretiva, tem um valor maior na hora da revenda. Por isso, é importante manter todos os comprovantes de revisões e eventuais consertos.

08 – Pneus malconservados
Não é preciso colocar pneus novos para valorizar o carro para venda, mas é importante deixá-los em bom estado para melhorar a aparência do veículo.
Então, calibre-os com frequência, pois circular com a pressão dos pneus baixa danifica suas paredes, reduz a sua vida útil e aumenta as probabilidades de um furo. Nas lavagens, utilize produtos neutros para não danificar as borrachas.

09 – Falta de manual e chave reserva
Manter o manual e a chave reserva do veículo também é um diferencial importante na hora da venda, pois, em muitos casos, economiza-se até R$ 4 mil no caso da perda da chave principal.

Familiarize-se com o seu modelo de carro antes da venda

É importante que o proprietário esteja familiarizado com a demanda da marca e modelo do automóvel, seu valor atual, quilometragem e histórico, antes de colocá-lo à venda.

Para isso, basta pesquisar a tabela Fipe, que é utilizada como referência por lojistas, comerciantes e vendedores na hora de determinar o preço do carro novo ou usado.

Não quer se preocupar com alguns detalhes? Tem gente de confiança que pode revender seu carro para você!

Agora que você já sabe quais os principais cuidados que deve ter com o seu automóvel, no caso de querer revendê-lo sem querer ter muito trabalho, fique tranquilo pois o Mundo Off Road, além de cuidar do seu veículo prestando serviços de manutenção no centro automotivo, também realiza o serviço de revenda de carros semi novos!

Não perca tempo e fale com a nossa equipe, para deixar seu carro em segurança desde a manutenção até o momento da venda! Você conseguirá falar conosco através do WhatsApp, telefone (13) 3349-3424 ou formulário do site.

___

O Mundo Off Road executa serviços como: mecânica, treinamentos, expedições e venda de automóveis 4×4. Está localizada em Santos/SP, com infraestrutura moderna e profissionais qualificados prontos para melhor lhe atender

Compartilhar com: Facebook Facebook WhatsApp

Quer ficar por dentro das
nossas novidades?

    Chat Aberto
    Olá, podemos ajudar?